Desperte para novas

formas de trabalhar
Descubra o que te realiza

Desperte para novas formas de trabalhar

Descubra o que te realiza
E-book Significado das Cores nos Negócios de Tatiana Garcia

Sofremos e lutamos para chegar num lugar...

alto, de sucesso e seguro.

Quando chegamos lá,

percebemos que o lugar não importa.

O que importa é quem você é nesse lugar

e o que você faz com a sua vida.

Descubra sua função no mundo.

Sofremos e lutamos para chegar num lugar...

alto, de sucesso e seguro.

Quando chegamos lá,

percebemos que o lugar não importa.

O que importa é quem você é nesse lugar

e o que você faz com a sua vida.

Descubra sua função no mundo.

Olá! Meu nome é Tatiana Garcia e eu ajudo as pessoas a seguirem seu propósito orientando-as para viverem daquilo que nasceram para ser.

Meu trabalho é co-criar formas mais saudáveis de trabalho para que você possa ser quem você é sem stress. Se você tem ideias e sente a necessidade de estruturá-las, vamos conversar.

Eu não sou coaching, terapeuta, psicóloga nem consultora. Quero te ajudar de um jeito diferente:

Trabalhe com propósito

 

Sentado na cadeira eu olho para os lados e sinto uma vontade doida de sair correndo, penso “o que estou fazendo aqui”. Logo vem uma sensação de aprisionamento no peito, junto com a falta de ideias, de criatividade, de energia, somados com uma dor de cabeça que não passa nunca…

Mas, mesmo com o peso nos ombros eu venço tudo isso, olho ao redor e enxergo meus colegas meio corcundas vidrados na telinha do computador, como se nada além daquilo existisse. E eu, é claro, não querendo ser o único não produtivo dali, encontro no meio das minhas mil pastas no computador aquela que não queria abrir, mas que preciso.

Começo a fazer meu trabalho, já com a ansiedade de não saber se vou conseguir entregar. Afinal, o tempo foi determinado por outra pessoa, que não eu. Preciso terminar tudo antes das 17hs e entregar para o meu chefe sorrindo, com uma cara de motivado, se não quiser perder meu emprego. Não sei direito se vai dar tempo, mas começo mesmo assim….

 

Você já pensou como é trabalhar com propósito?

 

Se sim, provavelmente não trabalhava com propósito. Acontece que essa história linda de fazer somente o que ama não é viver o propósito. Trabalhar com propósito vai muito além disso. E nesse caminho, ainda terão momentos que você vai precisar fazer um montão de coisas que não ama tanto assim. Vai precisar aprender novas ferramentas, sair da sua zona de conforto e passar por cima dos seus limites. É desafiador.

 

O que é trabalhar com propósito

 

Mas, você deve estar se perguntando… se trabalhar com propósito não é somente estar alinhado com suas habilidades ou atividades que ama; o que é então?

Trabalhar com propósito é simplesmente contribuir, ajudar, melhorar, ou entregar algo bom para o mundo ou para as pessoas. E se caso o ambiente de trabalho for tóxico demais ao ponto de não permitir que você entregue o seu melhor, aí não há propósito que aguente. O ambiente precisa favorecer essa troca saudável entre as pessoas, se quiser ter propósito.

A principal intenção de trabalhar com propósito é a troca de experiências ou aprendizados entre as pessoas. O que vai bem ao contrário do que foi criado nas empresas hoje em dia, com valores orientados a velocidade, resultado, lucro e produtividade. Então, para começar a falar de propósito, precisamos inverter esses valores buscando a entrega do melhor de cada um. O propósito precisa acontecer no ambiente interno, para que ele seja propagado no externo, ou seja, aos clientes e ao público em geral.

 

O que nos afasta do propósito?

 

Como não é possível entregar o nosso melhor quando o ambiente ao redor não nos permite ser quem somos por essência, a maioria das empresas hoje em dia estão longe de viver um propósito. Quando algo ao redor nos bloqueia, nos controla, nos julga e nos mede, o nosso propósito fica preso dentro de nós, com medo de se manifestar.

Por isso que ambientes onde se promovem a competição, a pressão e a busca frenética por resultados cada vez mais altos, o propósito não existe. Imagine você que sabe desenhar muito bem, tendo que fazer um desenho que te demoraria 10 dias, em apenas 10 horas; e pior, com a mesma qualidade, caso contrário, será mandado embora. Aí notamos que não basta fazer somente o que ama, o “como” você faz influencia muito.

Acontece que nessa cultura de competição x descarte de pessoas que não produzem o desejado gerou uma multidão de pessoas que não pensam, não valorizam e nem sabem como encontrar propósito nas coisas. Uma cultura onde as regras são ditas de cima para baixo, e não a partir do indivíduo, a velocidade e o dinheiro já sobrepuseram a troca entre as pessoas.

 

“Quando trabalhamos com propósito, o foco são as pessoas e não os resultados”

 

Passamos a entregar o nosso melhor e também queremos que cada um ao redor entregue o seu. As empresas mais experts do mercado já entenderam isso e estão criando ambientes favoráveis ao propósito. E passa até ser engraçado ver que esses ambientes mais abertos, sem tantas regras e controles, são os que mais geram produtividade na equipe, ao contrário do que muitos imaginam.

 

Empresas de propósito

 

A geração controladora e que botou pressão em cima dos funcionários nunca fez a conta de quanto gastou com demissões, contratações, promoções, treinamentos, cursos ou processos trabalhistas decorrentes dessa cultura do controle. Nunca imaginaram que, por um valor bem menor, pudessem investir em áreas de lazer ou em gerentes menos rígidos para aumentar a produtividade de uma forma bem mais natural. Google, Facebook, Linkedin, Nubank e outras empresas sacaram rapidamente essa mudança.

E não pensem que isso seja uma realidade somente das grandes empresas.

Isso tudo é uma questão de consciência na forma de se trabalhar e que pode ser replicada em qualquer lugar ou ambiente de trabalho, independente do tamanho ou faturamento da empresa. É uma nova forma de trabalhar e gerir equipes com foco no bem-estar e na alegria, permitindo que essa liberdade aproxime cada um do seu talento.

Afinal, se ficamos o dia todo em nossos trabalhos, porque ele precisa ser tão chato e massacrante? Porque preciso usar roupas que me apertam tanto, gel no cabelo, maquiagem e salto alto? Porque criamos algo tão desconfortável para ficar lá o dia todo? Porque trabalhamos em caixas brancas de concreto?

 

Até quanto é vantajoso ter um negócio de propósito?

 

Precisamos mudar essa realidade se quisermos trabalhar com propósito e entregar o melhor da empresa ou de nós para o mundo. E isso só será permitido quando não houver a competição, o julgamento, a busca por resultados e o descarte de pessoas.

É preciso recriar ambientes de trabalho e buscar fazer o que nos move. Porque fazer somente o que nos dá prazer, é passageiro demais. Agora fazer algo com significado, pode deixar para sempre uma marca na história. Acredito que temos o poder de transformar o mundo quando vivemos com propósito.

Pin It on Pinterest